domingo, 30 de setembro de 2012

Conheça as propostas de Luma Andrade - 13.000

Esta será a bandeira de luta de Luma Andrade 13.000, quando eleita vereadora de Russas - Ce. Vejam, analisem e optem por quem tem capacidade de elaborar projetos e trazer melhorias para o nosso município. Única doutora dentre todos os candidatos e reconhecida nacionalmente por sua história de vida e seus trabalhos, Luma Andrade 13.000 irá inovar na nossa Câmara de Vereadores, com uma política séria, eficaz e comprometida com o povo. Luma é do PT e tem o apoio federal do Senador Pimentel (braço direito da presidenta Dilma), o que facilita a liberação de recursos para a realização dos projetos elaborados. Dia 07 de Outubro, não tenha dúvidas, vote 
LUMA ANDRADE - 13.000.

Capacidade, luta e conhecimento, é com LUMA que eu vou!

(clique nas fotos para ampliá-las)













LUMA ANDRADE - 13.000

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Luma Andrade participará de encontro promovido pela Secretaria de Educação da Bahia - Ba.


A Secretaria da Educação do Estado da Bahia realizará o encontro pedagógico intitulado “Diálogos Formativos em Educação e Direitos Humanos - combatendo o racismo, o sexismo e a homofobia”, nos dias 17, 18 e 19 de outubro do corrente ano, no Hotel Vilamar, em Salvador. Esse encontro tem por objetivo construir referências para orientar a rede pública estadual da Bahia, quanto ao trato das relações etnicorraciais, de gênero e sexualidades nas nossas escolas, na perspectiva de combater o racismo, o sexismo e a homofobia, atitudes estas que corroboram, dentre outros fatores, para o abandono, a evasão e o baixo rendimento dos/as nossos/as estudantes.


As atividades programadas estão estruturadas em mesas temáticas e grupos de trabalho que, de forma dialógica, propõe-se à discussão, ao aprofundamento de concepções e conceitos, à socialização de experiências e à pr
odução de referências pedagógicas.

A Secretaria da Educação convidou Luma Andrade para proferir a conferência de abertura, intitulada "Diálogos Formativos na Educação Básica: combatendo o racismo, o sexismo e a homofobia na escola", no dia 17 de outubro de 2012, às 18:00 horas.

____________________

O conhecimento e a capacidade de Luma estão sendo reconhecidos, mais uma vez, à nível nacional. Precisamos desse reconhecimento e dessa representação na nossa Câmara de Vereadores. Precisamos de alguém que leve (e exalte) o nome de Russas ao restante do país, e o mais importante, de alguém que seja capaz de lutar e trazer benefícios para a nossa cidade.

Se você acredita que o conhecimento é capaz de mudar nossas vidas, vote LUMA 13.000.

domingo, 9 de setembro de 2012

Luma Andrade é destaque na Revista Siará - Diário do Nordeste.

É isso mesmo, Luma foi escolhida pelos editores do Diário do Nordeste como perfil na "Revista Siará". Quem é assinante recebe em casa, mas a matéria também pode ser vista online, nas páginas 11, 12, 13 e 14 no link: http://virtual.diariodonordeste.com.br/home.aspx?edicao=20120909&caderno=H&pagina=1 


 O conhecimento e a capacidade de Luma já são reconhecidos e legitimados pelos maiores veículos de informação do país, não podemos perder a chance de levar todo esse potencial para a Câmara de Vereadores da nossa cidade (que necessita de mudança urgentemente). Se você acredita que o conhecimento é capaz de mudar nossas vidas, vote LUMA - 13.000. Sem medo de ser feliz!

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Veja o currículo de Luma Andrade (Única doutora dentre todos os candidatos).

Vejo, a todo instante, pessoas reclamando das más condições dos serviços públicos, não só em Russas, mas em todo o país. No entanto, vejo estas mesmas pessoas banalizando a única arma que poderia ser decisiva para mudar esta situação: O voto! A política, que deveria ser um momento de análise e escolha das melhores propostas para a população, se transformou em um jogo de interesses particulares e de ego pessoal, um jogo muito perigoso, onde quem sai perdendo são TODOS e não apenas o "time" derrotado. E como resolver essa problemática tão enraizada em nossa cultura? Eu penso que só existe um caminho: A educação! Precisamos ensinar aos nossos jovens, desde cedo, a se politizarem. Já dizia Aristóteles, "O homem é um animal político", então, que essa política seja exercida como, de fato, deve ser: Livre de amarras, baseada no "nós" e não no "eu", democrática e comprometida com a melhoria de vida das pessoas, sobretudo, daquelas que, historicamente, têm estado à margem dos processos decisórios.
E como escolher os melhores candidatos? De fato, o conceito de melhor é um tanto relativo. No entanto, existem algumas dicas para não errar na hora de escolher os nossos representantes no legislativo e no executivo. Não espere a época das eleições para se tornar crítico/observador, analise, desde antes, o que o candidato vem fazendo em prol da população; pesquise sobre o grau de instrução do seu candidato, pessoas mais capacitadas (com graduação, especialização, mestrado, doutorado) têm mais chances de desenvolverem um trabalho mais rico em termos de conhecimento e estratégias; observe se o trabalho desenvolvido pelo seu candidato vem sendo reconhecido pela imprensa (a internet é uma ótima aliada nessas horas); pesquise sobre a história de vida do seu candidato. Tudo isso contribui significativamente para não desperdiçar o seu voto. 

Baseado no que citei acima, trago até vocês aquela que julgo ser a melhor proposta dentre os candidatos a vereadores em Russas. Única doutora dentre todos os candidatos, história de vida marcada pela superação, trabalhos já reconhecidos e legitimados nas maiores emissoras da Tv do país. Estou falando de Luma Andrade! Se você ainda não tem candidato para vereador, eis aí uma excelente proposta, baseada no conhecimento de uma pessoa realmente capacitada. Se você ainda está em dúvida, pense, analise, compare e decida qual o perfil mais preparado para nos representar no legislativo municipal. Agora é com vocês! 

















OBS.: Segue abaixo o link completo do currículo da Luma (era muito conhecimento para caber em uma única montagem), rsrs
LUMA 13.000 - O conhecimento é capaz de mudar nossas vidas!

sábado, 1 de setembro de 2012

Luma Andrade é destaque em Congresso sobre saúde em São Paulo.


Luma Andrade
Luma Andrade esteve no IX Congresso Brasileiro de Prevenção das DST e Aids, II Congresso Brasileiro de Prevenção das Hepatites Virais, VI Fórum Latino-americano e do Caribe em HIV/Aids e DST, V Fórum Comunitário Latino-americano e do caribe em HIV/Aids e DST, realizado no Anhembi - São Paulo, entre os dias  28 e 31 de agosto de 2012. 


A participação de Luma no evento se deve aos seus trabalhos, já reconhecidos e legitimados, na educação, saúde, cultura e no social. Luma deu palestras, participou de mesas de debate, e conversou com representantes dos Ministérios da Saúde e Educação, dos quais recebeu convites para participar de novos eventos em Florianópolis e Teresina. Luma ainda esteve presente com a escritora Larissa Pelucio, doutora em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos e pesquisadora sobre temas como sexualidade, saúde, corporalidade, travestis e gênero.

Luma Andrade e o Dr. Rduardo Barbosa -
Ministério da Saúde
Luma Andrade e o Dr. José Luiz Mazzaro -
Ministério da Educação

Luma Andrade e a Escritora e Pesquisadora Larissa Pelucio
Feitos como este só comprovam o que todos já sabem, Luma é, definitivamente, uma das candidatas mais preparadas para estar no legislativo municipal. Maior nível de estudo dentre todos os candidatos (inclusive dentre os candidatos a prefeito), reconhecimento a nível nacional, já confirmado nas maiores emissoras e veículos de informação do país, ampla capacidade de realização e mobilização. Luma está levando o nome de Russas para o restante do país, e o principal, de forma extremamente positiva.

O conhecimento e a capacidade de Luma todos já conhecem, mas precisamos do seu voto para que ela possa estar, de fato, na Câmara de Vereadores da nossa cidade, nos representando e lutando por nossos direitos, elaborando projetos e trazendo melhorias para o nosso povo, melhorias estas que só o conhecimento de alguém altamente capacitado pode nos possibilitar.

Luma Andrade em uma das mesas de debate
Palavras de Luma Andrade ao retornar a Russas:

"Volto sabendo que pude, efetivamente, contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos(as) Brasileiros(as) com o conhecimento que conquistei em minha trajetória de vida e doutorado, mas também aprendi muito com as experiências exitosas apresentadas pelos estados brasileiros e outros países na área da Saúde. O reconhecimento de minha contribuição se revelou principalmente com os convites que recebi para outros trabalhos em parceria com o Ministério da Saúde, através do Dr. Eduardo Barbosa, Ministério da Educação pelo Dr. José Luiz Mazzaro e Universidades Federais do país. Espero ter a oportunidade de também poder contribuir, com maior efetividade, no município de Russas, mas, para isto, necessito do apoio de todos(as). O conhecimento é capaz de mudar nossas vidas."

VOTE LUMA ANDRADE - 13.000

domingo, 26 de agosto de 2012

Luma Andrade discute sobre segurança pública municipal.


SEGURANÇA PÚBLICA MUNICIPAL - RUSSAS

Prezados(as) amigos(as) hoje participei de uma reunião com o Diretor da Guarda Municipal de Fortaleza Arimar Rocha uma das maiores referências nacional em segurança pública. Preocupada com a segurança dos(as) cidadãos(ãs) Russanos(as) senti a necessidade de ouvir atentamente este especialista em Segurança Pública e em meio ao diálogo encontrar al
ternativas para tentar melhorar a segurança em nosso município. 

Fique muito feliz quando o mesmo apresenta O TRABALHO DE PESQUISA como instrumento indispensável para realização de uma “Cartografia da Violência” em nosso município, elaborada com pesquisadores profissionais das universidades de forma a orientar ações mitigadoras. Como pesquisadora do CNPQ (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e UFC ( Universidade Federal do Ceará) percebi que a ação deste cidadão se baseia em instrumentos de cunho científico e não de senso comum, sendo um trabalho com fundamentação e objetividade. “A cartografia da Violência do Município de Russas” se faz necessária para identificar os locais mais críticos da violência, as vítimas mais frequentes, os horários, os motivos, etc, para que se possa realizar uma intervenção que modifique a realidade atual.

O mesmo enfatizou a necessidade de equipar a Guarda Municipal com uma sede digna, recursos humanos, veículos adequados, fardamento, Plano de Cargos e Remuneração que contemple a ascensão funcional, plano de saúde, fardamento, além de formação continuada. Revelou ainda que cursos de especializações financiados pelo Governo Federal poderiam ser oferecidos nesta área gratuitamente por faculdades particulares para os profissionais da segurança pública. Explica que foi lançado um edital pelo Governo Federal para equipar a guarda municipal para comtemplar 300 cidades do país, mas apenas 60 foram beneficiadas a exemplo de Fortaleza, pois foram aquelas que haviam apresentado projeto adequado para este fim. O lamentável é que Russas mais uma vez perdeu este benefício, pois faltam representantes mais qualificados e atuantes. 

Confesso que isto me indigna e me faz acreditar ainda mais que eu ( Luma Andrade 13000) poderia contribuir com o desenvolvimento de nossa cidade, utilizando meus conhecimentos para o desenvolvimento de projetos e ações inovadoras para o benefício da população. Durante a reunião me comprometi com o Arimar Rocha de conversar com os gestores(as) da FVJ (Faculdade do Vale do Jaguaribe), faculdade esta que leciono algumas disciplinas, para encaminhar ao ministério um projeto de curso pós-graduação em Segurança Pública para que seja disponibilizado gratuitamente para os profissionais desta área. Outra ideia que surgiu foi o uso de câmeras nas ruas e a criação de uma secretaria municipal especificamente para tratar da segurança municipal de forma a atender o centro, periferias da zona urbana, além dos distritos e localidades da Zona Rural. 

Sou uma candidata à vereadora preparada para atuar nesta área, não apenas por este momento com Arimar Rocha, mas também pelas leituras que tenho, participação em palestras e seminários a cerca do assunto e conhecimento de experiências exitosas que poderiam ser adequadas a nossa realidade local. 

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil, vote:
13000 (Luma Andrade ) para vereadora e 13 (Odilo) para Prefeito.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Luma Andrade visita o lixão de Russas.


Prezados(as) amigos(as) visitei hoje pela manhã mais uma vez o lixão de Russas, agora para apresentar minhas propostas para aqueles(as) trabalhadores e trabalhadoras que sustentam suas famílias com o pouco que conseguem arrecadar em meio a um amontoado de lixo. Os (as catadores(as) de lixo trabalham sem proteção adequada para seus corpos, estes(as) cidadãos(ãs) estão expostos(as) à situações degradantes em relação a seus organismos e direitos trabalhistas.

Na ocasião me deparei com um ex aluno do município de Aracati que a 4 meses reside em Russas, sem oportunidade de trabalho o mesmo se submeteu a trabalhar no lixão, foi um momento de alegria, tristeza e esperança. Alegria por tê-lo reencontrado, tristeza pelas condições precárias de trabalho e falta de assistência dos governos naquele local e de esperança de poder ter tido a oportunidade de sonhar junto com eles(as) melhores condições de trabalho e reconhecimento social, caso seja eleita vereadora deste município. Recordei junto com meu ex aluno as contribuições que efetivei com os catadores(as) de lixo do município de Aracati, ideias estas que poderiam ser adequadas a realidade local.

Temos que oferecer estrutura física, melhores condições de trabalho, formação para o tratamento adequado ao lixo de forma a potencializar renda aos trabalhadores(as) e cuidado ao meio ambiente ( Desenvolvimento Sustentável). O investimento em um aterro sanitário em Russas se faz necessário, pois minimiza danos a saúde pública, garante zelo ao meio ambiente, emprego e renda aos catadores de lixo. Ao invés de despesas como muitos pensam esta ação se configura como investimento relevante social, educacional, econômica e ambiental.

Luma Andrade.


VOTE LUMA ANDRADE 13.000

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Luma é novamente destaque no G1.

'Minha conquista serve de exemplo', diz 1ª travesti doutora do Brasil

Professora com título de doutora diz que educação combate o preconceito. 
Luma Andrade defendeu estudo de doutorado na Univ. Federal do Ceará.


A professora Luma Andrade, 35 anos, que se tornou a primeira travesti com doutorado do Brasil na sexta-feira (17), diz que sua carreira acadêmica vai servir de exemplo para que outros travestis busquem na educação uma forma de vencer o preconceito. "Nós vivemos numa posição que a sociedade nos impõe, à margem de tudo. E temos que quebrar esse paradigma e viver no centro da sociedade, a educação é uma das formas que temos para conseguir", diz a professora. Luma defendeu o estudo elaborado em três cidades do Ceará "Travestis na Escola: Asujeitamento e Resistência à Ordem Normativa", na sexta-feira, na Universidade Federal do Ceará (UFC), e foi aprovada. O doutorado foi, segundo ela, uma "missão cumprida". Agora ela pretende seguir carreira política e obter um pós-doutorado.Ela conta que já convenceu uma estudante travesti a manter-se na escola. "As pessoas não acreditam que uma travesti pode conseguir a vida com a educação. A estudante me perguntava: 'E é possível uma travesti estudar e ser uma doutora?'. E eu expliquei a ela que sou exemplo de que pode sim", diz Luma.

Além do pós-doutorado, ela tem como objetivo ser professora de uma escola federal no Ceará. Luma fez concurso público em 2010, quando ainda tinha no documento de identidade o nome de João Filho Nogueira de Andrade. Ela foi reprovada pela banca e recorreu do resultado, alegando ser vítima de preconceito. "Cerca de duas horas eles avaliaram o exame de várias pessoas, não há como isso ser feito, foi o que eu afirmei na justiça". Luma venceu em primeira instância, e a Universidade Regional do Cariri recorreu da decisão.

Ela sempre trabalhou como professora e atualmente acumula cargo na Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação na região cearense do Vale do Jaguaribe, que tem sede em Russas, no interior do estado. Quando começou a lecionar, Luma diz que sofreu resistência, da diretoria da escola, de alunos e de pais dos alunos. "Como eu era a única da região que tinha formação para lecionar algumas disciplinas, eu fiquei como professora, mas o início foi bem difícil. Depois de inserir naquele meio, entendendo a sala de aula, passei a uma das professoras mais queridas da escola", conta. Luma Andrade é filha de agricultores analfabetos, nasceu na cidade de Morada Nova, a 163 quilômetros de Fortaleza, e, no dia da mulher de 2010, ganhou o direito de mudar o nome nos documentos sem a operação de mudança de sexo.



domingo, 19 de agosto de 2012

Doutorado de Luma é destaque no Jornal O POVO.

A primeira travesti doutora do Brasil



Há algum tempo os olhares da mídia se voltam para a história de Luma Andrade e anunciam seu ineditismo. Finalmente, hoje, 17 de agosto, a travesti de Russas (CE) defenderá a tese “Travestis na escola: assujeitamento e resistência à ordem normativa”, na Faculdade de Educação, da Universidade Federal do Ceará (UFC), tornando-se a primeira travesti doutora do Brasil.

Como informa o resumo da tese, a partir da narrativa de alunos, professores e gestores, Luma analisa as experiências de jovens travestis em escolas da rede estadual de ensino, bem como suas estratégias de enfrentamento aos preconceitos.

Sim, uma travesti doutora. O acontecimento não representa apenas uma vitória pessoal de Luma, mas demarca, sobretudo, uma fissura nos discursos da própria mídia, que historicamente limitaram as experiências de travestis à prostituição e à criminalidade, apontando para novas possibilidades de vivência das travestilidades contemporâneas. Estaremos mais próximos de um tempo e de uma sociedade em que as travestis terão condições políticas, sociais e econômicas de serem o que desejarem - doutoras, médicas, advogadas, motoristas de ônibus ou filósofas?

Em um estado como o Ceará, que lidera o ranking nordestino com mais casos de homofobia e onde uma travesti como “Bixa Muda” quase teve sua candidatura à Câmara de Vereadores impugnada – o que demonstra por parte de algumas instituições a suspeita acerca da “saúde mental” de quem transgride as normas de gênero –, Luma, sua história e seu ineditismo que tanto fascinam a mídia, não são apenas uma exceção. É a regra que cambaleia.
Luma quer nos dizer que, apesar da violência física e simbólica sofrida cotidianamente pelas travestis no Brasil, no Ceará machista e homofóbico, na escola despreparada para acolher a diversidade, as travestis lutam cotidianamente por uma vida digna de ser vivida e têm conquistado novos lugares, produzido novos discursos, experimentado novos desejos.
 Elias Ferreira Veras
eliashistoria@yahoo.com.br
Historiador

Ceará News exibe matéria sobre o doutorado de Luma Andrade.

O CNEWS, um dos veículos da notícia mais importantes do estado, exibiu uma matéria na última sexta-feira, 17/08/12, sobre o ineditismo de Luma Andrade ao se tornar a primeira travesti doutora do país, veja abaixo a matéria na íntegra.

Professora torna-se primeira doutora travesti do país

Em seu estudo, a cearense relata a discriminação sofrida pelos travestis na rede pública de ensino e aponta falhas na formação dos professores

A primeira travesti a cursar doutorado no Brasil defendeu a tese de seu estudo nessa sexta-feira (17), no Auditório Valnir Chagas, na Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará, área 1 do Centro de Humanidades, Campus do Benfica. Em seu estudo, a cearense Luma Nogueira de Andrade, que nasceu com o nome de João, relata a discriminação sofrida pelos travestis na rede pública de ensino e aponta falhas na formação dos professores.

Luma é aluna do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFC. Natural de Morada Nova, a 163 km de Fortaleza, a doutoranda em Educação pela UFC estudou em sua tese a realidade de travestis nas escolas. Nas páginas do estudo, ao relatar casos de estudantes que vivem situações de aceitação ou total repressão, Luma faz um paralelo com a própria história.




sábado, 18 de agosto de 2012

Doutorado de Luma é destaque no G1.

A defesa da tese de doutorado de Luma Andrade é destaque em mais um importante site de notícias do Brasil, o G1.
Acompanhe abaixo a matéria na íntegra....

Professora defende tese e conquista título de 1ª doutora travesti do país

Cearense estudou a aceitação de travestis nas escolas.
Trabalho foi apresentado na Universidade Federal do Ceará nesta sexta. 


Luma Andrade na defesa de tese nesta sexta-feira (17) na Universidade Federal do Ceará (Foto: Igor Grazianno/UFC)

A professora cearense Luma Andrade defendeu tese nesta sexta-feira (17), em Fortaleza, e se tornou aos 35 anos a primeira travesti a ter título de doutorado no país. A banca de cinco professores que avaliaram o trabalho durante três horas indicou o material à publicação, segundo Luma. “Para além da nota, a indicação para publicação de um livro é ainda mais importante porque mostra que eles consideraram o trabalho de extrema relevância'', disse. Luma pretende agora seguir carreira política e preparar-se para o pós-dourado.

A doutora em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC) estudou o tratamento dado a travestis em escolas de três cidades cearenses para elaborar a tese ''Travestis na Escola: Asujeitamento e Resistência à Ordem Normativa'' . Nas páginas da tese, ao pesquisar 95 casos, Luma diz ter visitado a própria história. Segundo ela, o estudo conclui que há uma ''evasão involuntária'' de travestis nas escolas cearenses e, que em geral, ''a família aceita e a escola não''.
Filha de agricultores analfabetos, Luma nasceu João Filho Nogueira de Andrade na cidade de Morada Nova, a 163 quilômetros de Fortaleza, mas no dia da mulher de 2010, ganhou o direito de mudar os documentos sem a operação de mudança de sexo. “Canalizei toda a energia para os estudos e, assim, fui conquistando respeito de todos. Busquei no estudo uma alternativa de vida melhor”, afirmou.
Aos 18 anos, Luma passou no vestibular para o curso de Ciências da Universidade Estadual do Ceará (Ceará), no campus de Limoeiro do Norte. Em 1998, foi aprovada no concurso para professor efetivo da rede municipal de Morada Nova e também começou a ensinar em escolas estaduais e particulares e depois obteve o título de mestre em Desenvolvimento do Meio Ambiente em Mossoró, no Rio Grande do Norte. Com o título de mestre, em 2003, ela prestou concurso para a rede estadual de ensino de Aracati e, de quatro vagas, foi a primeira e única aprovada.

sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Defesa da tese de doutorado de Luma Andrade é destaque no IG.


Ceará forma primeira travesti doutora do Brasil

Luma Nogueira Andrade defendeu tese sobre travestis matriculadas na rede estadual de ensino do Ceará, que narra os maus-tratos sofridos por elas no ambiente escolar

Durante a infância, Luma Nogueira Andrade sofreu com o preconceito de colegas e professores na escola. Mais tarde, já formada e funcionária pública concursada, teve de enfrentar novamente esse mau e no mesmo ambiente. Nesta sexta-feira (17), a protagonista desse histórico de discriminação se tornou a primeira travesti do País a obter um título de doutorado.
Em março deste ano, o i G contou como foi a vida de Luma desde a infância na pequena cidade de Morada Nova, no interior do Ceará, até ingressar no doutorado em Educação da Universidade Federal do Ceará (UFC) . Cinco meses depois, a reportagem acompanhou o dia da defesa da tese em um auditório do câmpus do Benfica, em Fortaleza, lotado por amigos, ex-alunos e colegas pesquisadores.
Bastante elogiada pela banca, a tese de Luma foi indicada para publicação. Contudo, antes de trabalhar para ver sua pesquisa em forma de livro, ela vai tentar se eleger vereadora pelo PT no município de Russas, onde lecionou por muitos anos. 
Bastante elogiada pela banca, a tese de Luma foi indicada para publicação. Contudo, antes de trabalhar para ver sua pesquisa em forma de livro, ela vai tentar se eleger vereadora pelo PT no município de Russas, onde lecionou por muitos anos. 

Com o título “Travestis na escola: Assujeitamento ou resistência à ordem normativa”, a pesquisa faz um levantamento das travestis matriculadas na rede estadual de ensino do Ceará e narra os maus-tratos sofridos por elas no ambiente escolar. Ao longo do trabalho, os relatos das entrevistadas se confundem com o que foi vivido pela própria pesquisadora, num cruzamento de autobiografia e etnografia.
“Eu ia percebendo em minhas interlocutoras que, na verdade, existe uma diversidade de formas de travestis e que a realidade que elas vivem não é a mesma que eu vivi”, contou, durante a apresentação.
Com o estudo, Luma concluiu que falta aos professores e gestores uma formação que vá além do conteúdo das disciplinas e dê conta das questões de gênero não apenas para tratar da homossexualidade no currículo, mas principalmente lidar com as especificidades de cada pessoa.
“Eu percebi uma verdadeira confusão. Eu vi que os gestores não sabiam identificar os travestis”, disse.
Para o antropólogo Alexandre Fleming Câmara Vale, um dos professores a participar da banca examinadora, a tese de Luma é um “marco” para os estudos sobre travestis. “É a primeira vez que uma travesti escreve sobre a experiência das próprias travestis”.
“O trabalho da Luma é uma chamada para a reflexão dos educadores e ao mesmo tempo tem esse lado político, por ela ter um envolvimento direto com o tema”, avaliou a orientadora de Luma, a doutora em Educação, Celecina de Maria Veras Sales.
Daniel Aderaldo
Travesti Luma Nogueira Andrade defende tese e é elogiada
FONTE:  http://ultimosegundo.ig.com.br/educacao/2012-08-17/ceara-forma-primeira-travesti-doutora-do-brasil.html


domingo, 5 de agosto de 2012

Luma Andrade tem apoio federal.


O Senador Pimentel esteve no último sábado, 04/08/12, em Russas - CE, com a missão de trazer a mensagem de apoio oficial de Lula e Dilma ao candidato a prefeito de Russas pelo Partido dos Trabalhadores, Odilo Almeida e seus respectivos candidatos a vereadores. Pimentel, Odilo, o candidato a vice-prefeito, Professor Gilmar, os candidatos a vereadores e os militantes saíram em caminhada pelo centro comercial de Russas, levando mensagens de esperança à população, que se davam através de moderados gritos de guerra, mostrando outro diferencial do PT ao respeitar à população. A recepção das pessoas não podia ser outra, sorrisos, abraços e um clima de otimismo se fizeram presentes durante todo o trajeto.


Ao final da caminhada, Pimentel manifestou oficialmente seu apoio à Luma Andrade que, segundo expectativas, será uma das candidatas mais votadas. O conhecimento atrelado ao apoio federal se funde no maior potencial de mudança apresentado a Russas. Por isso, amigos, vamos nos permitir conhecer os nossos candidatos e analisar o que é melhor para a nossa cidade. O PT está trazendo para Russas uma proposta de conhecimento e sustentabilidade e buscando implantar em nossa cidade o sistema de governo que mudou o Brasil para melhor. 

Rumo à vitória Luma Andrade
 No dia 07 de Outubro, vote no melhor para a nossa cidade... 
Para prefeito, vote ODILO ALMEIDA 13 e para vereadora, vote LUMA ANDRADE 13.000


Bem assim....


Precisa dizer mais alguma coisa?

LUMA ANDRADE 
13.000 

Luma Andrade participará de congresso sobre saúde em São Paulo - SP.



É isso mesmo, em reconhecimento aos trabalhos de Luma Andrade, o MINISTÉRIO DA SAÚDE solicitou a presença de Luma no IX Congresso Brasileiro de Prevenção das DST e Aids, II Congresso Brasileiro de Prevenção das Hepatites Virais, VI Fórum Latino-americano e do Caribe em HIV/Aids e DST e V Fórum Comunitário Latino-americano e do Caribe em HIV/Aids e DST,  na cidade de São Paulo/SP, no período de 28 a 31 de agosto de 2012, no Anhembi Parque, São Paulo. Luma participará como debatedora na CONVERSA AFIADA 'REFLEXÕES ÉTICAS SOBRE SAÚDE E PREVENÇÃO PARA TRAVESTIS E TRANSEXUAIS NO BRASIL. Todas as despesas com passagens aéreas, hospedagem e alimentação serão custeadas pelo Ministério.

Luma, mais uma vez, está levando o nome de Russas ao restante do país, e o principal, de forma bastante positiva. Ela defenderá a tese de seu doutorado no dia 17 deste mês e será a primeira travesti doutora do Brasil, sem dúvidas, um marco histórico para o país, um marco de superação. O conhecimento e a capacidade de Luma já são reconhecidos a nível nacional, agora falta a população de Russas enxergar todo esse potencial e eleger Luma Andrade vereadora. A Câmara Municipal precisa de mudança, a nossa cidade precisa de mudança, e essa mudança deve ser feita através de pessoas realmente capacitadas, e ninguém melhor que Luma Andrade para contribuir nesse projeto de esperança para a nossa cidade.

VOTE 
LUMA ANDRADE 
13.000

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Visita ao Sítio Canto - Russas, 24/07/12.

Luma Andrade, juntamente com os demais candidatos a vereadores do PT e Odilo Almeida, candidato a prefeito de Russas, estiveram na comunidade de Sítio Canto, município de Russas, onde visitaram várias famílias. A receptividade não poderia ser melhor, o carisma e a simpatia de Luma facilitavam as abordagens, que sempre terminavam em boas conversas. Olho o olho, compromisso e responsabilidade, tudo isso representa muito bem a relação de Luma e seus eleitores. Vamos lá, Luma, rumo à vitória. 





ODILO ALMEIDA 13 E LUMA ANDRADE 13.000